Como conseguir fazer intercâmbio na faculdade

Como conseguir fazer intercâmbio na faculdade. Graduação, como funciona o processo, idiomas e etc

Você já pensou em fazer intercâmbio na faculdade? O sonho de viajar para adquirir novos conhecimentos e entrar em contato com uma cultura diferente é muito comum entre os jovens.


No entanto, muitos não sabem qual caminho seguir para estudar fora do Brasil, visto que nem sempre as informações sobre o processo em si estão claras.

Logo, se este é o seu caso, separamos aqui um guia completo que vai lhe ajudar a conseguir o intercâmbio na faculdade.

Lembrando que essa modalidade pode ser um intercâmbio gratuito ou com bolsa de estudos.

Como funciona o intercâmbio na faculdade?

Os programas de intercâmbio durante a graduação funcionam de maneiras diversas, visto que cada um tem um objetivo diferente.

Então, alguns intercâmbios possibilitam ao aluno fazer um estágio, outros aprender um idioma e ainda há aqueles onde o estudante cursa algumas disciplinas complementares fora do Brasil.

Dessa maneira, o aluno pode permanecer em outro país por um curto período, como nas férias (Summer Jobs), por exemplo, ou pode até mesmo vivenciar uma experiência mais completa, por um período ou ano inteiro.

Portanto, as possibilidades de intercâmbio na faculdade são diversas e o aluno pode investir nessa experiência de maneira autônoma, ou seja, por conta própria, ou pode até mesmo contar com o suporte da instituição de ensino.

Porém, a boa notícia é que hoje boa parte das universidades e faculdades, sejam públicas ou privadas, estão focadas na “internacionalização” e assim disponibilizam programas de intercâmbios para os estudantes.

A depender do formato e do programa escolhido, o estudante nem precisa trancar o curso aqui no Brasil ou arcar com os valores extras, pois algumas instituições se encarregam desses gastos.

No entanto, é interessante citar aqui que os intercâmbios realizados pelas faculdades tendem a ser mais concorridos. 

Por esse motivo, muitos interessados acabam buscando explorar essa possibilidade por conta própria ou através de outros programas de intercâmbio.

Dependendo da sua graduação, você também pode tentar a famosa bolsa becas do Santander.

Tipos de intercâmbio na faculdade

Para que fique ainda mais claro os tipos de intercâmbios existentes, separamos abaixo as principais informações sobre aqueles mais comuns. Confira agora mesmo!

Graduação parcial ou completa

O intercâmbio da graduação parcial ou completa é voltado para aqueles que querem estudar fora do Brasil.

Neste caso, o objetivo é estudar em faculdades estrangeiras para ampliar o currículo e o curso pode ser feito em sua totalidade ou apenas uma parte dele.

Para o curso completo, é a instituição de ensino de fora que estabelece quais são os critérios para a seleção. Algumas agências de intercâmbio ajudam nesse ponto.

No entanto, se você já tem uma matrícula ativa em uma universidade no Brasil, nada impede que você curse algumas disciplinas no exterior. Para tal, você deve conversar com a instituição em que você está matriculado para entender como esse processo funciona, as políticas internas e muito mais.

Estudo de línguas

O estudo de línguas ou de idiomas é outra possibilidade de intercâmbio na faculdade e é um programa de curta duração, podendo ser feito nas férias, por exemplo.

Isso porque, o objetivo é que o estudante aprenda uma nova língua e consiga assim incrementar o seu histórico escolar.

Então, hoje existem faculdades internacionais que contam com programas voltados para estrangeiros, onde a iniciativa funciona como uma imersão.

Dessa maneira, o estudante entra em contato com a nova língua e cultura com o apoio da instituição de ensino estrangeira.

Especialização 

A especialização é outro tipo de intercâmbio que pode ser feito fora do país também e que pode contar ou não com o apoio de uma faculdade.

Sendo assim, neste caso então, o programa é voltado para atender aqueles que já concluíram o ensino superior.

Desse modo, nele você consegue fazer cursos que estão atrelados a sua graduação, como algum conhecimento mais específico dentro da sua área, ou até mesmo participar de algum programa de mestrado ou doutorado, por exemplo.

Work And Travel

Por fim, você ainda tem outro intercâmbio chamado de Work And Travel, que pode estar ligado ou não a uma instituição de ensino superior.

Aqui o objetivo é que o estudante viaje para trabalhar em outro país, atuação essa que pode ser realizada enquanto se estuda, por exemplo.

Portanto, é outra excelente oportunidade de incrementar o currículo e expandir as experiências profissionais.

Outro tipo de intercâmbio bem famoso é o: Jovens Embaixadores.

Quais as vantagens do intercâmbio na faculdade?

Razão é o que não falta para você decidir o quanto antes a fazer as suas malas e embarcar para um intercâmbio. Então, listamos aqui algumas vantagens dessa prática:

  • O intercâmbio é uma excelente oportunidade para você aprender um novo idioma de maneira eficiente e rápida;
  • Possibilita que você valorize o seu currículo profissional e acadêmico, sendo capaz de se diferenciar no mercado assim;
  • Traz uma imersão de outro país e isso fará com que você amplie as suas visões sobre o mundo;
  • Excelente chance de fazer novas amizades e ampliar o seu networking;
  • Permite que você se torne mais independente e consequentemente mais maduro.

Como conseguir intercâmbio na faculdade?

Para conseguir o intercâmbio desejado é importante que você pesquise pelas possibilidades existentes: intercâmbio autônomo, na faculdade ou com agências de intercâmbio?

Em seguida, você deve entender o que cada programa solicita, pois, cada iniciativa tem as suas próprias regras que precisam ser seguidas obrigatoriamente.

Assim, existem intercâmbios que pedem que o estudante já seja fluente em inglês e comprove isso através de um teste de eficiência, enquanto outros são mais flexíveis. 

Além disso, existem programas de intercâmbio que buscam alunos com alto desempenho acadêmico, outros que só podem ser feitos se a instituição de ensino daqui tiver convênio com a faculdade estrangeira, etc.

Portanto, é importante que você confira todas as possibilidades que são existentes neste universo e se inscreva naquele que melhor atender às suas necessidades.

Afinal de contas, os programas possuem finalidades distintas e particularidades que devem ser consideradas.

Uma dica valiosa é sempre ter em mãos uma carta de recomendação para aumentar suas chances.

Conclusão

O intercâmbio na faculdade é um sonho que pode se tornar real, mas antes você precisa entender como esses programas funcionam, pois cada um deles tem as suas características.

Então, a partir daí, é que você deve se inscrever e começar a sua jornada em busca de uma vaga no intercâmbio desejado e que vai mudar a sua vida acadêmica e profissional.